LINGUIÇA MINEIRA COM CHIMICHURRI

Cada um tem uma receita de chimichurri, eu cada hora faço de um jeito mas o básico coloco sempre. A base do chimi é fazer uma salmoura com 1x de água para 1 col sopa de sal grosso. Leve ao fogo e mexa até dissolver o sal, depois deixe esfriar (a maior parte das vezes faço a salmoura com metade desta quantidade, gosto do sabor do chimi mais ácido com mais vinagre). Em uma tigela à parte, coloco bastante salsa picada, alho, pimenta-calabresa, páprica, orégano, vinagre e azeite de oliva. Misturo tudo e guardo na geladeira. O melhor é preparar pelo menos na véspera para os sabores se fundirem. Ah, acrescente o azeite por último e aos poucos, batendo sempre, assim a mistura dá uma emulsionada e fica mais cremosa e não aguada.

Segue uma proporção como guia, mas nunca sigo à risca:
1/2x salmoura (1/2x água + 1/2 col sopa sal grosso fervidos e frios)
1 maço salsa picada
5 dentes de alho bem picados
1 col chá pimenta-calabresa
1 col chá páprica (se vc curtir, pode ser a picante)
2 col chá orégano seco
1/3x vinagre vinho tinto
1/2x azeite de oliva
pitada de sal
pimenta-do-reino moída na hora

Dica: acrescente outras ervas como coentro ou hortelã, o chimi fica ainda mais saboroso! Da mesma forma, acrescente outras especiarias e temperos, troque o vinagre por outro, coloque limão, a graça do chimichurri é cada um ter a sua própria receita, pessoal e intransferível. Boa sorte!


Linguiça mineira, chimichurri caseiro, limão, pão sírio, nosso molho de pimenta favorito e nhac!