PERNIL DE CORDEIRO COM ALECRIM E MOLHO DE HORTELÃ

Hoje foi dia de preparar o cordeiro que ganhei de presente da minha mãe na semana passada. Deixei marinando de um dia para o outro na geladeira com várias especiarias e vinho branco. Assei por 2 horas em forno pré-aquecido a 200° coberto com alumínio e 40 minutos descoberto a 250°, regando de 10 em 10 minutos. A carne de cordeiro deve ser consumida ao ponto, rosada, algumas pessoas deixam apenas 1 hora a 190º e mais 20 minutos no grill apenas para dourar. Eu prefiro deixar mais tempo, a carne fica ao ponto mas sem ficar rosada, e desmanchando. Por mais que o cordeiro seja um corte muito nobre e apreciado na alta gastronomia, eu sigo preferindo a carne de porco e de boi. Algumas pessoas retiram a glândula que fica na parte posterior do joelho, que dá um sabor mais acentuado bem característico desta carne. Eu também prefiro sem, mas dizem que os uruguaios justamente preferem o sabor mais acentuado que a glândula dá a este corte. Faça como preferir, é claro, comida deve ser feita para alegrar a nossa mesa e a nossa vida, não é mesmo? Divirta-se!








Fiz o molho de hortelã com folhas de um maço de hortelã, suco de limão, alho e azeite. Coloquei tudo no processador menos o azeite e bati apenas um pouco para ficar com pedaços grandes. Ah, coloque sal e pimenta-do-reino a gosto. :)