O PRIMEIRO LOTE CHEGOU!

Estou muito emocionada! Um livro nunca será suficiente para dizer tudo que quero dizer, fotografar tudo que ​desejo fotografar, ser tudo que eu gostaria de ser. Mas este aqui é um ​começo, um ​peda​ço do ​que há de ​melhor de mim até agora​. ​Se eu esperasse a perfeição para imprimir​ este livro talvez ele nunca ficaria pronto. Precisei ter coragem ​(​e um pouco de falta de noção​)​ para aceitar minhas limitações​ técnicas, intelectuais e financeiras​ e fazer o melhor que pude fazer. ​Apesar de gostar muito de falar, também sou muito de me calar. Minha cozinha é feita dos sons da comida borbulhando, do chiado da panela, da colher de pau mexendo a cebola e o alho, de gente falando na rua lá longe, da máquina de lavar trabalhando e de nenhuma prosa para distrair ou palpitar. Este é o foley mais lindo, e eu escuto todos estes sons inspiradores com o melhor silêncio que há em mim. Por isto fiz um livro apenas com fotos, sem receitas. Não pretendo ensinar, apenas inspirar. A maioria das páginas possui um código QR que leva o leitor até o blog​ para ver mais fotos, as receitas e suas histórias. Quero tentar levar um pouco deste silêncio até as pessoas, este amor que se manifesta em mim quando não há ninguém por perto, quando não há expectadores, este sei lá o quê que me faz querer cozinhar cada vez mais. Quis fazê-lo deitado e não em pé, talvez porque trabalhei muito tempo em televisão e minha cabeça só sabe pensar em 16:9, mas também porque acho que este formato é muito bonito para ver as fotos, para apreciá-las com calma, para contemplar. São apenas algumas comidinhas caseiras que fiz em casa e fotografei com uma câmera de bolso mas elas têm um tantão de amor que eu quis compartilhar, dividir e multiplicar com vocês sem a pressa da internet, e espero que eu consiga levar um pouco deste afeto até vocês através destas páginas que editei com muito carinho. Se me perguntarem se é um livro de culinária eu direi que não sei...​ ​É um pouco do que eu desejo pro mundo e pra mim mesma, um resumo do que me tornei transformado em comida e mesa posta. Acho mesmo é que é um grande amor que quis se materializar em livro, comida e fotografia.♥

Jardim de suspiros bem simbólico que fiz pela manhã para aguardar a chegada dos livros.

Os primeiros 40 chegaram! ♥





Quase surtei para escrever a primeira dedicatória. Esta não foi a primeira, mas como é um livro que não terá endereço certo, resolvi compartilhar. É para um grande amigo que não gosta de guardar livros na prateleira. :)

A casa ficou uma loucura na hora de empacotar, assinar e fazer os kits para postar nos Correios.
É muita emoção! ♥