MANJAR DE COCO COM CALDA DE AMEIXA

Dia de lembrar dos aniversários na casa da tia Wanda com a vó Dulce trazendo seu manjar de coco para a alegria do vô Alcides. Quando eu era criança eu torcia o nariz para a calda de ameixa, nunca entendi porque os adultos "estragavam" o doce de coco com a calda. rs Hoje em dia sou adulta e provavelmente se meu sobrinho olhar esta foto vai pensar o mesmo. É o ciclo da vida, não é mesmo? Precisamos tentar manter viva nossa história e nossa tradição familiar, e só fazendo do jeitinho que nossos pais e avós faziam é que nosso coração bate mais forte e se enche de amor. Eu confesso que mesmo hoje prefiro o manjar coberto com uma caldinha de frutas vermelhas ou abacaxi, acho que combina mais porém a calda de ameixa é o clássico da família. Vô Alcides é meu avô emprestado, pai da tia Wanda, que é minha madrinha e esposa do meu tio Miguel, irmão do meu pai. Não conheci meu avô Abrahão, marido da vó Adélia, nem minha vó Juvi, mãe da minha mãe, que se foi muito cedo quando minha mãe só tinha 15 anos. Mas ganhei avós maravilhosos, o vô Alcides que tanto amo, meu avô Mário, pai da minha mãe, e a amada vó Rosa que sempre fez parte de nossas vidasQue saudade de ver meu vozinho Alcides jogando sinuca, bebendo parati com pau-pereira e água fresca na moringa de barro e dançando bolero na varanda da casa da serra. Ele era um alfaiate muito educado que vivia com a roupa impecavelmente passada e limpa e com os cabelos grisalhos bem penteados; me levava pra andar no meio do mato e ensinava como me defender das onças que poderiam aparecer com muita seriedade. Quanta coisa um manjar pode nos fazer sentir, não é mesmo? Comida afetiva é assim, a cada garfada que damos, lembramos de um momento especial e nosso coração se enche de alegria. Que esta lembrança esteja sempre viva em mim, e que eu prepare muitos doces como este para lembrar de que tive uma infância muito feliz.


Esta é a minha receita de manjar de coco, nunca soube a da Vó Dulce e a tia Wanda também não tem anotada. Como sou apaixonada por coco, minha proporção é um pouco diferente das que vejo por aí pois gosto que fique com o sabor bem presente. Se vc preferir mais suave utilize apenas 200ml de leite de coco. Também prefiro fazer a cobertura de ameixa como uma geleia mais mole e mais azedinha a fazer a calda de caramelo mais tradicional. 

MANJAR
1l leite integral ou semidesnatado
500ml leite de coco
1x amido de milho
1x açúcar ou 1 lata de leite condensado
100g coco ralado

Unte uma forma de cerca de 25x8cm com furo no meio com óleo e reserve. Misture todos os ingredientes menos o coco e leve ao fogo baixo, mexendo até engrossar e ficar em ponto de mingau grosso (cerca de 10 minutos). Desligue o fogo e incorpore o coco ralado. Despeje na forma e leve à geladeira por no mínimo 4 horas, o ideal é deixar de um dia para o outro. Sirva com a calda fria.

CALDA
200g ameixa sem caroço picada
1x açúcar
2x água
suco de 2 limões

Misture os ingredientes com metade do suco do limão e cozinhe em fogo baixo até ficar em consistência de geleia bem molinha, escorrendo da colher. Adicione o restante do suco de limão e deixe esfriar. Sirva por cima do manjar.