QUIBE FRITO RECHEADO

Vejam só quem veio me visitar mais uma vez, a nossa linda vó Rosa! ♥ Quem se lembra dela e daquelas mãozinhas cortando alho que me fizeram parar na cozinha e me emocionar? Quem tem o livro já viu seu bolo de fubá e soube um pouquinho da minha infância perto desta pessoa linda e de sua filha maravilhosa, a nossa amada Celinha. Se quiser saber sobre este dia clique aqui. Hoje a Celinha me avisou que a traria para passear e eu me programei para preparar o quibe recheado do jeitinho que ela tanto fazia e adorávamos quando morávamos na vila. Bom, pelo menos eu tentei! Não consegui nem de longe fazer no formato que ela fazia mas ficou bem saboroso (o dela parecia duas coxinhas encaixadas, era bojudinho no meio, cheio de recheio e com duas pontas que ficavam crocantes e adorávamos morder). Na correria não coloquei fatias de limão pra fazer a foto mas na hora de comer não faltou pois não dispenso um limãozinho no quibe. A tradição da vovó é fazer um superquibão bem recheado com carne moída temperada com cebola e hortelã. Gostamos do quibe beeem fritinho, como ela fazia, ultra crocante por fora e macio por dentro. A minha receita de homus já postei faz tempo, se quiser clique aqui. Foi o acompanhamento perfeito.



Segue a minha receita de quibe (a mesma que uso pra fazer o quibe de forno):
250g triguilho
350ml água ou o suficiente para cobrir 2 dedos acima do trigo
1kg patinho ou coxão duro moído
2 maços fartos de hortelã, apenas as folhas
2 cebolas médias
Suco de 1 limão
8 dentes de alho ou mais
2 col sopa manteiga ou azeite
2 ou 3 pedras de gelo
Óleo para fritar
Sal, pimenta-do-reino, cominho, páprica picante, cúrcuma, noz-moscada e pimenta síria à gosto

Deixe o trigo hidratando em água morna por meia hora ou de um dia para o outro em água fria, exprema bem com as mãos ou em um pano de prato limpo para retirar o excesso de água e reserve. 

Em uma frigideira coloque a manteiga ou azeite e doure uma cebola picada. Acrescente metade dos dentes de alho amassados e 500g da carne moída (metade). Tempere com sal e as especiarias e refogue até que fique bem sequinha. Coloque o suco de limão, misture e desligue o fogo, depois adicione a metade das folhas de hortelã picadas. Reserve para esfriar.

Bata no liquidificador ou miniprocessador a outra cebola e os dentes de alho restantes com metade das folhas de hortelã. Em uma tigela grande, coloque o trigo, o restante da carne moída crua (500g), a mistura de temperos do liquidificador, sal e pimenta-do-reino. Coloque as pedras de gelo e amasse bem até dar liga, a massa deve ficar bem homogênea e sem grudar nas mãos. Se não quiser amassar com as mãos você também pode colocar no processador em etapas e deixar bater bem até dar liga. Em dias corridos coloco tudo na Kitchenaid e bato com a raquete por 8 a 10 minutos, tem sido meu método preferido. Pegue pequenas porções e recheie com o refogado de carne. Feche e frite em óleo quente por imersão até que os quibes fiquem bem fritinhos, sem mexer para que não abram. Boa sorte!


Minhas amadas!

Elas trouxeram uma santinha de Nossa Senhora da Aparecida para abençoar nosso lar.
Todo ano elas fazem excursão para a igreja de Aparecida, que presente lindo.
Obrigada, vovó e Celinha, vocês são nossos maiores presentes. ♥

Ela não fica parada e foi me ajudar a despetalar o hortelã. Fofa!

Não fica parada jamais!

Ela tentou me explicar como fazer o formato do quibe que ela fazia, mas mesmo assim me enrolei e não consegui. Seguirei tentando, vovó!!! ♥