FELIZ UM ANO DE VIDA

No fim das contas, boa é a sensação de que você é uma fonte real e inesgotável de amor à qual eu poderei sempre acessar para me nutrir de verdadeiras inspirações. Você não envelhecerá com o tempo ou ficará démodé, já eu sigo me transformando pela vida (mente e coração). Obrigada por guardar um pouco do melhor que já houve em mim. Será maravilhoso viver para, quem sabe, rever-te daqui a muitos anos para lembrar-me de quem fui. Vida longa ao amor fantasiado de comida que compartilhei em cada uma de suas páginas. Obrigada a todos que levaram você para casa e guardam um pouquinho de nós na estante. #LaDaher#ladahernacozinha #ladahercookbook

"Janelas do meu quarto,
Do meu quarto de um dos milhões do mundo que ninguém sabe quem é
(E se soubessem quem é, o que saberiam?),
Dais para o mistério de uma rua cruzada constantemente por gente,
Para uma rua inacessível a todos os pensamentos,
Real, impossivelmente real, certa, desconhecidamente certa,
Com o mistério das coisas por baixo das pedras e dos seres,
Com a morte a pôr humidade nas paredes e cabelos brancos nos homens,
Com o Destino a conduzir a carroça de tudo pela estrada de nada. (...)"