RISOTO DE FUNGHI

1 xícara de arroz arbóreo
1/2 xícara de funghi seco
1 cebola-roxa pequena picada
1/2 xícara de cenoura ralada
1/3 de xícara de vinho tinto
1/3 de xícara de parmesão ralado
1/2 xícara de salsinha picada
2 folhas de sálvia fresca
Suco de 1/2 limão-taiti
Sal e pimenta-do-reino a gosto
3 colheres de sopa de manteiga

Coloque o funghi em um recipiente, adicione 2 xícaras de água fervente e deixe hidratando enquanto prepara os outros ingredientes. Quando terminar, escorra o cogumelo em uma peneira, reservando todo o líquido. Adicione água quente até completar 500ml de caldo. Pique o funghi e reserve. Em uma panela de pressão, refogue a cebola com 2 colheres de manteiga e as folhas de sálvia em fogo baixo. Descarte a sálvia, junte a cenoura e mexa por mais 1 minuto. Acrescente o arroz e o funghi picado, refogue por mais 2 minutos, adicione o vinho e o suco de limão e mexa até evaporar. Tempere cada etapa com pouco sal e pimenta-do-reino a gosto. Junte o caldo reservado, tampe a panela e conte de 3 a 4 minutos depois que começar a chiar. Se preferir o risoto mais al dente, desligue o fogo com 3 minutos. Retire toda a pressão, abra a panela, adicione 1 colher de manteiga, o queijo parmesão e a salsinha, misture vigorosamente e sirva.

Eu gosto do risoto de funghi com sabores marcantes como o da sálvia e do vinho tinto. Se você preferir mais suave, troque o vinho tinto por branco e dispense a sálvia. O melhor ponto para saborear o risoto é com bastante caldo, bem cremoso e esparramando pelo prato; caso fique consistente demais quando você abrir a panela e finalizar, adicione um pouco mais de água fervente, misture bem e sirva. Considere ter uma panela de pressão antiaderente de 3 litros para estes preparos rápidos, pois é um curinga na cozinha, fácil de lavar e do tamanho perfeito.