FILÉ DE PEIXE COM FAROFA DE DENDÊ E BANANA-DA-TERRA GRELHADA

 

Receita leve e deliciosa da @abocanervosa e da @crisfcampos. Pense numa farofa temperadinha absorvendo todo o caldo do peixe. Só faça! Fiz com lombo de dourado, e Lu, olha que afronta: fiz na air fryer! :D Acho que é uma ótima oportunidade para explicar por que eu tenho esta bigorna odiada por muitos, sem a qual não vivo mais. Infelizmente, por conta do nome comercial, este utensílio é chamado de fritadeira, e tudo que que ele não é na vida é uma fritadeira! Para fritar, precisamos cozer o alimento por imersão em algum tipo de óleo, então o conceito da air fryer [para mim] já começa todo errado. Então, o que a air fryer realmente é? Ela é um miniforno de convecção muito útil para quem não tem um em casa, como eu. Além de não ter espaço, nenhum forno convencional que tenha ventilação cabe no local que tenho reservado para o fogão. Já tive três air fryers pequenas e dei as três morrendo de raiva, mas há pouco tempo comprei uma com capacidade para 5,5 litros, com a bandeja rasa, grande e quadrada, e este miniforno virou meu grande amigo, pois consigo assar batatas, fraldinhas, picanhas e maminhas inteiras, preparar berinjela gratinada, chips de raízes e muitas outras coisas. Consigo fazer preparos menores e não preciso ligar o forno convencional nos 50ºC no verão do Rio de Janeiro. Lu, eu só quis comoartilhar o ponto de vista de alguém que aprendeu a real utilidade de uma ferramenta que cabe em pequenos espaços e pode ser de grande ajuda. Não sou a favor de máquinas milagrosas, pelo contrário, tive muita resistência mas minha vida de cidade grande se rendeu a alguns atalhos. Ah, pelamor, que live maravilhosa ontem a sua com a Roberta! E nem vou falar que caiu a net por causa da air fryer! kkk Beijos e obrigada por esta receita maravilhosa!

Segue o #foiassim da Lu: temperei o peixe com sal, pimenta do reino e limão. Usei robalo, mas namorado fica ótimo, usamos no fogão coletivo. Depois fiz a farofa molhada de dendê. Ela é crua mesmo, só misturar: cebola picada, tomate sem semente picado, coentro picado, suco de limão, farinha de mandioca, azeite de dendê, molho de pimenta e um tico de sal. Misturei tudo e reservei. Aí foi só montar: abri uma pedaço de papel laminado, reguei um fio de azeite e coloquei o peixe temperado e cru. Depois por cima da primeira camada de peixe, coloquei a farofa ajeitando bem com as mãos para que ela ficasse bem apertadinha. Por cima, peixe. Embrulhei bem bonitinho com o papel laminado, tipo um presente. E ainda passei outra camada de papel laminado pra vedar bem. Levei ao forno médio por uns 30 minutos. Enquanto isso, abri uma banana prata ao meio e grelhei a superfície cortada com azeite e manteiga, sem tirar a casca. E pronto!