HOMUS BI TAHINE

Esta é uma receita muito afetiva. Para mim homus tem gostinho de infância, de vó, de chamego e de saudade. Minha vó Adélia veio do Líbano com 13 anos e teve 11 filhos aqui no Brasil, criados com muito amor, disciplina e trabalho. Ela nunca soube escrever seu próprio nome, mas deixou marcada em mim, com tão pouco tempo de convivência, a voz de uma terra que eu nunca conheci, cheia de aromas e sabores tão diferentes. Adoro comida árabe, mesmo as que nunca experimentei. Adoro lembrar da minha vozinha, seja lá como for. Este homus é feito em homenagem a ela, ao meu amado pai Munhir de quem tenho tanto orgulho e amor, e à minha tão amada mãe Lucy, minha maior amiga nesta vida, que sempre fez questão de lembrar com imenso carinho dos costumes trazidos por minha avó. Comida não é só pra encher o estômago, é pra acalentar o coração também. ♥

Como está calor e o homus azeda fácil com muito mexe-mexe, eu faço uma quantidade grande e separo e vários potes que podem ser reaproveitados, assim fica bem conservado e posso congelar vários potinhos já que a validade na geladeira é curta. Quando congelamos a textura muda um pouco e é preciso mexer para que fique homogêneo novamente, mas funciona muito bem. Fora que é uma mão na roda se chegar visita de última hora, e um ótimo antepasto junto com a conserva de berinjela. Nham nham!




Minha receita básica de homus bi tahine (faça metade se não quiser muito para congelar)
500g de grão de bico
3 col sopa tahine
5 a 8 dentes de alho
100ml de azeite ou mais
suco de 2 ou mais limões
sal à gosto

Você pode variar os temperos, colocar mais ou menos quantidade dependendo do seu gosto. O ideal é ir provando pois os dentes de alho possuem tamanhos diferentes, os limões às vezes estão pouco e às vezes muito suculentos. Provar é essencial! Esta aqui é só uma referência pra você se aventurar, com a proporção que gosto de usar. Faça do seu jeito e divirta-se!

Preparo: deixar o grão de bico de molho da noite para o dia, descartar a água do molho e cozinhar na pressão por 30 minutos com sal e uma folha de louro. Deixar o ar sair naturalmente e processar os grãos (no liquidificador, processador ou mixer) com o restante dos ingredientes menos o azeite, acrescentando um pouco da água do cozimento para facilitar. Coloque o azeite no final e mexa apenas para incorporar com uma colher. O homus endurece bastante depois de pronto e refrigerado, então você pode deixar mais molinho nesta etapa. Minha mãe prepara esta mesma quantidade de homus com 500ml de azeite, cada um encontra uma forma preferida de preparar. Eu gosto com bastante alho e limão, coloco folhas de hortelã para servir, salpico páprica e coloco mais azeite. Eu gosto de homus de qualquer jeito!

Dica: corte o pão sírio em 4 partes e separe os triângulos. Coloque por 1 minuto no microondas, mexa um pouco para misturar e coloque por mais 30 segundos. Dependendo da quantidade coloque por mais tempo, checando e mexendo de um em um minuto até que desidratem, mas cuidado para não se queimar! Você acabou de preparar torradinhas perfeitas para servir com homus e antepastos! :) ♥

Clique aqui para ver fotos do tradicional quibe da vovó Adélia servido com homus.

Clique aqui para ver fotos do prato hummus ma lahma (homus servido com carne desfiada e cebolas caramelizadas). Uma verdadeira delícia!

Veja abaixo como fica lindo quando coloco folhas de espinafre frescas na hora de processar, quer entradinha mais saudável, saborosa e charmosa que esta? Experimente e divirta-se!



Eu quis puxar a sardinha pro meu lado e postei esta foto minha bebê pra mostrar pra todo mundo que sou a cara da vovó! Habib, habib! Que saudade, vozinha!

Estas lindezas são meus pais, Munhir e Lucy, meus amores e minha grande inspiração.